Páginas

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

IVAN SOARES: “TEMOS QUE NACIONALIZAR AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS”

Ivan Soares: "É hora de organizar e lutar" (Foto: Smitson Oliveira)

Ex-prefeito de Nova Redenção e anfitrião do encontro de petistas da Chapada foi um debatedor ativo em todos os itens da pauta.

Por Jadson Oliveira – jornalista/blogueiro – editor deste Blog Evidentemente

A proposta foi lançada por Ivan Soares, ex-prefeito e líder petista de Nova Redenção, durante o V Encontro de Diretórios Municipais do PT da Chapada Diamantina, interior da Bahia (no último dia 3).

Ele parte duma constatação, na sua visão, inegável: a massa de eleitores, em especial entre as camadas mais carentes, vai sentir saudade das políticas de inclusão social dos governos Lula e Dilma, “a única vez nos 500 anos da história brasileira em que os pobres tiveram vez”.

Então, nas campanhas do próximo ano, nas eleições municipais, os petistas e aliados dos partidos progressistas devem martelar nos temas que demonstram os imensos prejuízos sofridos pela população, vítima “desse projeto vagabundo” do governo Bolsonaro, oriundo do processo fraudulento patrocinado especialmente pela Operação Lava Jato.

Daí, a proposta de “nacionalizar as eleições municipais” de 2020, já apontando rumos para a disputa de 2022, conforme explicou Ivan, que foi a presença mais marcante do encontro: anfitrião atento, dirigente da mesa dos trabalhos e debatedor de todos os assuntos em pauta, um verdadeiro “homem dos sete instrumentos”.

Foi enfático também ao criticar a fraqueza da estrutura do PT na região da Chapada – “estamos fracos, raquíticos, muitos diretórios foram desativados, não há nem comissões provisórias, o Diretório Estadual nunca teve um olhar mais próximo para ver como está nosso partido”, denunciou ele, conclamando seus companheiros de partido: “É hora de organizar e lutar”.

PS: Sobre este último ponto, ver dados na matéria anterior sobre o encontro, postada neste blog no último dia 12. Link:

Nenhum comentário: