segunda-feira, 19 de outubro de 2015

LUIZ FILGUEIRAS VAI AO DEBATE DA CONJUNTURA: CONTRA O GOVERNO DILMA, MAS CONTRA O IMPEACHMENT

Luiz Filgueiras (Foto da Internet em matéria de 2012)
Com rico currículo acadêmico nos quadros da UFBa, o professor Luiz Filgueiras estará também no debate da próxima quinta-feira, dia 22, no Sindpec, em Salvador-Bahia: ANÁLISE DE CONJUNTURA: ENTENDER A REALIDADE PARA TRANSFORMÁ-LA.

Por Jadson Oliveira (jornalista/blogueiro) – editor do blog Evidentemente – publicado em 19/10/2015

Ser contra ou a favor do governo do PT/Dilma/Lula; ser contra ou a favor do impeachment (ou golpe); ser contra ou a favor do “ajuste fiscal” do governo Dilma (capitaneado pelo representante dos banqueiros, ministro Joaquim Levy): são posições que carimbam os diversos agrupamentos que atuam no cenário político do país, inclusive os que atuam, como nós, no espectro das esquerdas.

Filgueiras, professor de Economia da UFBa, já expressou seu posicionamento sobre o tema: “A esquerda socialista tem que se posicionar, claramente, contra o impeachment, classificá-lo como ‘golpe’ institucional e atuar concretamente para impedi-lo; não pode ter receio de ser confundida com os apoiadores do governo, deixando claro, de todas as formas, que não concorda com esse governo e que se constitui numa oposição de esquerda que tem propostas completamente distintas”.

O parágrafo foi extraído de seu texto ‘Notas para a análise de conjuntura – 18/08/2015’, onde ele diz também: “A nossa fragilidade política não será contornada por arroubos retóricos nem pelo medo de ‘nos misturarmos e sujarmos as mãos’; o emparedamento do atual governo pelas forças de direita e extrema direita as fortalecerá e criará um ambiente político de enorme dificuldade para os trabalhadores e a esquerda socialista”.

(Filgueiras bem que deveria ser mencionado hoje como ex-reitor da UFBa, já que foi protagonista de episódio marcante. Foi na época do presidente José Sarney, quando o “republicanismo” no Brasil era bem menos republicano do que atualmente: ele encabeçou a lista tríplice já que foi escolhido pela maioria dos votos da comunidade universitária, mas foi preterido por Sarney que preferiu nomear o desprestigiado reitor Rogério Vargens, mandato 1988-1992).

Deixo aqui link para o texto na íntegra do nosso PHD em Economia do Desenvolvimento, já publicado neste meu blog Evidentemente, com o título: Luiz Filgueiras: A esquerda socialista não pode apoiar o governoDilma, mas tem que ser claramente contra o impeachment.

Lendo-o (ou relendo-o) será uma forma de nos prepararmos para a discussão, que na próxima quinta-feira, dia 22 – a partir das 18:30 horas, no Sindpec (veja endereço abaixo) -, terá ainda mais três debatedores:

Mais três debatedores

Renildo Souza, professor da Faculdade de Ciências Econômicas da UFBa e da direção estadual do PC do B; Linauro Neto, ativista da organização Oposição Operária (OPOP), que edita a revista Germinal; e Joaci Cunha, assessor do Centro de Estudos e Ação Social (CEAS) e editor-chefe da revista Cadernos do CEAS (outro link para matéria dando pequena amostra da visão de Joaci). 
Carlos Freitas e José Donizette (Goiano - abaixo) organizam o debate (Fotos: Jadson Oliveira)
Como podemos aferir, será um debate plural, com olhares significativos de ativistas e acadêmicos que refletem a visão de partidos e entidades do movimento popular, democrático e de esquerda na Bahia.

Está sendo coordenado por José Donizette, mais conhecido por Goiano, da direção do Projeto Velame Vivo (PVV), movimento cultural da Chapada Diamantina, interior da Bahia. Foi dirigente do sindicalismo bancário em Salvador, tendo militado depois em São Paulo e trabalhado na CUT-Nacional;

E por Carlos Freitas, advogado e professor, integrante da Comissão de Memória e Verdade Eduardo Collier Filho, da Faculdade de Direito da UFBa. Ele vem se dedicando nos últimos anos a um pioneiro trabalho de pesquisa sobre o despotismo exercido pela repressão da ditadura (1964- 1985) na comunidade acadêmica e no meio sindical de diversas categorias de trabalhadores na Bahia.

Participam ainda da promoção do evento o CEAS e este Blog Evidentemente, do jornalista Jadson Oliveira (www.blogdejadson.blogspot.com).

Haverá um segundo debate dia 5/novembro

A mesma iniciativa inclui um segundo debate, no dia 5 de novembro (também uma quinta-feira), nos mesmos local e horário, com a participação de mais quatro militantes sociais e estudiosos: o professor Jorge Almeida (Macarrão), dos quadros do PSOL; Sílvio Humberto, vereador pelo PSB de Salvador-Bahia; Pery Falcon, ex-presidente da CUT-Bahia; e a professora Celi Taffarel, da Faculdade de Educação da UFBa e integrante do PT.

SERVIÇO:

O que: debate ANÁLISE DE CONJUNTURA: CONHECER A REALIDADE PARA TRANSFORMÁ-LA;

Onde: Sindpec – Rua Conselheiro Spínola, 07 – Barris – Salvador-Ba. - Telefone: (71) 3328-4699


Quando: dias 22/outubro e 05/novembro – a partir das 18/30 horas.

4 comentários:

Alvaro Figueiredo disse...

...copiando -e torcendo a favor! __

Jadson disse...

Valeu, companheiro, grande abraço

artur carmel disse...

Só Vai ter "cumpadre" nesse debate. Abaixo a corrupção ! E ao "golpe" tb

artur carmel disse...

Só vai ter "cumpadre" nesse debate...Abaixo a corrupção ! E abaixo ao "golpe", tb