terça-feira, 1 de setembro de 2015

ALTAMIRO BORGES: OS MARINHO, DA GLOBO, E OS OUTROS BILIONÁRIOS DA MÍDIA BRASILEIRA

Roberto Marinho e os três filhos bilionários (Foto: Reprodução/Carta Maior)

Barões da mídia - que seguem demitindo milhares de profissionais, precarizando as condições de trabalho e pagando péssimos salários - estão na lista.


Por Altamiro Borges, no seu Blog do Miro - reproduzido do portal Carta Maior, de 01/09/2015 (sugerido pelo companheiro Geraldo Guedes, advogado em Brumado-Bahia)

A revista Forbes-Brasil divulgou na sexta-feira (28) a lista dos bilionários brasileiros de 2015. Uma verdadeira aberração num país com tanta disparidade social. O novo ranking conta com 160 ricaços. Juntos, eles somam um patrimônio de R$ 806,66 bilhões - o equivalente a quase 15% do PIB do país.
 
Segundo o site da Veja, que adora paparicar os endinheirados, "a linha de frente dos brasileiros mais ricos foi novamente dominada pelo trio composto por Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, que praticamente duplicaram suas fortunas desde o ano passado - em boa parte, na carona da alta do dólar, já que a gorda fatia de seus investimentos está fora do país".
 
A revista do esgoto realça ainda que "entre os paulistas que aparecem nas primeiras vinte colocações da lista estão Eduardo Saverin, do Facebook, em oitavo, Abilio Diniz, que recentemente comprou uma rede de padarias com Jorge Lemann, em décimo, Walter Faria, dono da cervejaria Petrópolis, em décimo primeiro, e José Luís Cutrale, do ramo de frutas em décimo quinto". 
 
Ela evita, porém, dar destaque à fortuna acumulada pelos barões da mídia - que seguem demitindo milhares de profissionais, precarizando as condições de trabalho e pagando péssimos salários. Talvez tema atiçar a consciência crítica da categoria - na qual ainda existem muitos jornalistas que chamam o patrão de companheiro.
 
Já o site Meio&Mensagem, especializado no setor, botou o dedo na ferida. Segundo matéria postada nesta segunda-feira (31), os barões da mídia seguem acumulando fortunas - apesar do discurso cínico sobre a crise econômica. "O setor de mídia brasileiro é o oitavo mais representativo em um ranking de 13 setores liderado por indústria, bancos e alimentos, divulgado anualmente pela revista Forbes". 
 
"No setor de comunicação são oito empresários de quatro companhias distintas. Na quinta posição geral está a família Marinho, das Organizações Globo, representada por João Roberto Marinho, José Roberto Marinho e Roberto Irineu Marinho que, individualmente, possuem R$ 23,8 bilhões. Da família Marinho para o próximo da lista a diferença é considerável: Edir Macedo, da Record, está na 74º posição com patrimônio de R$ 3,02 bilhões, seguido pela família Civita, do Grupo Abril, e de Sílvio Santos, do SBT".
 

Veja os representantes da mídia entre os bilionários brasileiros:
 
João Roberto Marinho - Patrimônio: R$ 23,80 bilhões
 
José Roberto Marinho - Patrimônio: R$ 23,80 bilhões
 
Roberto Irineu Marinho - Patrimônio: R$ 23,80 bilhões
 
Empresa: Organizações Globo - 5º posição no ranking geral do Brasil
 

***
 

Edir Macedo - Patrimônio: R$ 3,02 bilhões
 
Empresa: Rede Record - 74º posição no ranking geral do Brasil

***

Giancarlo Civita - Patrimônio: R$ 2,18 bilhões
 
Roberta Anamaria Civita - Patrimônio: R$ 2,18 bilhões
 
Victor Civita Neto - Patrimônio: R$ 2,18 bilhões
 
Empresa: Grupo Abril - 88º posição no ranking geral do Brasil
 
***
 
Silvio Santos - Patrimônio: R$ 2,01 bilhões
 
Empresa: SBT - 100º posição no ranking geral do Brasil
 
***
 
Confira também os dez primeiros colocados da lista da revista Forbes:
 
1º) Jorge Paulo Lemann - R$ 83,70 bilhões
2º) Joseph Safra - R$ 52,90 bilhões
3º) Marcel Herrmann Telles - R$ 42,26 bilhões
4º) Carlos Alberto Sicupira - R$ 36,93 bilhões
5º) João Roberto Marinho - R$ 23,80 bilhões
6º) José Roberto Marinho - R$ 23,80 bilhões
7º) Roberto Irineu Marinho - R$ 23,80 bilhões
8º) Eduardo Saverin R$ 17,53 bilhões
9º) Marcelo Odebrecht e família - R$ 13,10 bilhões
10º) Abilio dos Santos Diniz - R$ 12,83 bilhões

Nenhum comentário: