terça-feira, 25 de agosto de 2015

VENEZUELA AMPLIARÁ AÇÕES PARA LIBERAR TERRITÓRIOS FRONTEIRIÇOS

(Foto: Prensa Latina)
Foram presos paramilitares e desarticulados centros dedicados ao jogo, à exploração sexual, ao sequestro, ao tráfico de pessoas e à fabricação de bombas.


Da Agência Prensa Latina, de 25/08/2015  

Caracas - Venezuela executará um plano de liberação e soberania fronteiriça para resgatar seus territórios limítrofes com a Colômbia do assédio de grupos paramilitares dedicados ao contrabando, extorsão e sequestro, afirmou o presidente Nicolás Maduro.

Em coletiva de imprensa oferecida ontem no Palácio de Miraflores (sede do Governo), o presidente assinalou que estas medidas serão implementadas com o mesmo conceito das ações que se implementam desde a quinta-feira passada em seis municípios do estado Táchira (sudoeste).

Na semana passada, Maduro ordenou o fechamento do trânsito fronteiriço e o estado de exceção nessas zonas tachirenses, depois que uma patrulha militar venezuelana foi emboscada por paramilitares.

De Miraflores, Maduro afirmou que as medidas especiais decretadas para regularizar a situação na fronteira manterão o absoluto respeito aos direitos humanos (DD.HH.).

Assegurou que o fechamento dessas passagens é o ponto de partida para acabar com os graves danos econômicos e sociais, ocasionados por grupos paramilitares.

Reafirmou que essas ações serão mantidas até eliminar as ameaças desses grupos e restabelecer as condições mínimas para que esses territórios funcionem como zonas de paz.

Graças a estas medidas e a ação combinada das forças de segurança, foram desabilitadas 172 passagens clandestinas utilizadas pelos contrabandistas e recuperou-se o controle do Serviço de Abastecimento Fronteiriço Especial de Combustível.

Também foram presos paramilitares e foram desarticulados centros dedicados ao jogo, à exploração sexual, ao sequestro, ao tráfico de pessoas e à fabricação de bombas.

Nenhum comentário: