domingo, 9 de agosto de 2015

GILSON CARONI FILHO: IRMÃOS MARINHO QUEREM QUE PT PAGUE PELO DESGASTE DAS CONCESSÕES QUE FEZ À DIREITA

O bombardeio diário de O Globo: a capa de hoje deixa alguma dúvida?

Por Gilson Caroni Filho, no Facebook - reproduzido do blog Viomundo – o que você não vê na mídia, de 09/08/2015

Vejo pessoas compartilhando o editorial de O Globo como se ele fosse um ponto de inflexão, um chamamento ao equilíbrio.

[Nota do Viomundo, trecho do editorial:

Mesmo o mais ingênuo baixo-clero entende que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), age de forma assumida como oposição ao governo Dilma na tentativa de demonstrar força para escapar de ser denunciado ao Supremo, condenado e perder o mandato, por envolvimento nas traficâncias financeiras desvendadas pela Lava-Jato. Daí, trabalhar pela aprovação de “pautas-bomba”, destinadas a explodir o Orçamento e, em consequência, queira ou não, desestabilizar de vez a própria economia brasileira.

Até há pouco, o presidente do Senado, o também peemedebista Renan Calheiros (AL), igualmente investigado na Lava-Jato, agia na mesma direção, sempre com o apoio jovial e inconsequente dos tucanos.]

Política, aqui e em qualquer parte do mundo, é luta pelo poder, jogo pesado que exige nervos de aço.
O que a família Marinho, a quem se pode acusar de tudo menos de não saber ler o momento histórico, fez não passa de um exercício simples de análise de conjuntura.
Do jeito que as coisas estão na economia — e com a sociedade polarizada pelo ódio de classe — seus aliados não teriam como governar agora.
É necessário que, antes de mais nada, um governo petista cumpra todas as exigências do mercado.
Subtraia direitos dos trabalhadores e aposentados.
Eleve as taxas de juros não para combater a inflação, mas para remunerar o capital financeiro.
É nesse contexto que também deve ser lida a nota conjunta da Fiesp e da Firjan.
Depois disso, em 2018,com a esquerda totalmente desgastada pelas concessões que fez, chegaria a hora dos tucanos.

A capa de hoje deixa alguma dúvida?

Nenhum comentário: