segunda-feira, 15 de junho de 2015

MIGUEL DO ROSÁRIO: REQUIÃO, GÊNIO DA RAÇA, CRIA SLOGAN PARA ESQUERDA BRASILEIRA (vídeo)



(Foto: reproduzida de O Cafezinho)
“Na Grécia temos o ‘Syriza’, na Espanha nós temos o ‘Podemos'; agora, se os movimentos populares no Brasil continuarem despolitizados, (...) o nosso movimento poderá ser chamado ‘Nos Fodemos’”.
Por Miguel do Rosário, no seu blog O Cafezinho, de 14/06/2015
O Brasil não é Grécia, nem Espanha.
Esses dois países estavam (e continuam) quebrados, com endividamento público descontrolado. A dívida brasileira, por sua vez, é relativamente baixa, e nossas reservas internacionais estão perto de US$ 400 bilhões, ou seja, mais de R$ 1 trilhão.
Mas o senador Roberto Requião está certo.
Se os movimentos sociais não vencerem essa campanha massacrante de despolitização que a mídia faz diuturnamente, alienando setores cada vez maiores da sociedade, teremos de criar um slogan que satirize o slogan do partido da nova esquerda espanhola, o Podemos.
O partido venceu as eleições municipais da Espanha, há algumas semanas, com o slogan Nós Podemos.
Requião alertou que, no Brasil, o slogan poderá ser “Nos Fodemos”.
A guerra é dura, mas o humor é maior!
***
Requião anuncia novo movimento no Brasil: “Nos Fodemos!”; assista (vídeo acima)
13 JUN 2015 – 13:01
O senador Roberto Requião (PMDB) foi um dos palestrantes, ontem à noite, no 3º encontro estadual de blogueiros do Paraná que se encerra hoje. O peemedebista abordou o avanço da direita neoliberal no Brasil e no mundo. Deu caneladas no ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e não quis nem falar do governo Richa porque, segundo ele, “é caso de polícia”.
Lá pelas tantas, Requião, o besteirento, arrancou risos da plateia quando comparou os movimentos de massa no país com os da Espanha (Podemos) e da Grécia (Syriza).
“Na Grécia temos o ‘Syriza’, na Espanha nós temos o ‘Podemos'; agora, se os movimentos populares no Brasil continuarem despolitizados, for uma manifestação simples e vazia, de indignação, contra tudo e contra todos, nós não vamos fazer nem o ‘Syriza’ nem o ‘Podemos’. O nosso movimento poderá ser chamado ‘Nos Fodemos’”, sugeriu Requião.

Nenhum comentário: