segunda-feira, 15 de junho de 2015

JORNALISTAS LIVRES: RIO DE JANEIRO TEM DIA HISTÓRICO CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Mais de 20 mil pessoas se reuniram no grande festival realizado por coletivos, movimentos sociais e artistas.

Nada deve parecer impossível de mudar: Se o festival queria atingir corações e mentes para ganhar forças na luta contra a redução, conseguiu. Gilvan tem 42 anos e é empresário. Passou sem querer na praça e a curiosidade fez com que ficasse, para mudar de opinião:

“Era a favor da redução. Ouvi um debate, li as faixas e cartazes e me permiti refletir sobre a questão. Principalmente sobre a frase — redução não é solução. Não é mesmo. Na verdade, ela traz muitos problemas, como o aumento desmedido da população carcerária”, afirmou.

Texto Larissa Gould para Jornalistas Livres - Fotos Cobertura Colaborativa Amanhecer Contra Redução, de 14/06/2015

O movimento Amanhecer contra Redução surgiu em meados de abril, inspirado na campanha uruguaia No a la Baja, que impediu a redução da maioridade penal no país vizinho. Uma iniciativa de jovens criativos, principalmente estudantes secundaristas, para resistir à redução, de uma forma didática e leve, com a cultura.

Foi algo dessa natureza que deixou o centro da Cidade Maravilhosa mais colorido na manhã deste domingo. O Festival Amanhecer, fruto da construção colaborativa de coletivos, movimentos sociais e artistas, reuniu cerca de 80 atrações de música, dança, teatro, grafite, debates, fotografia e poesia na Praça XV, para um público total de mais de 20 mil pessoas.

Nenhum comentário: