sexta-feira, 12 de junho de 2015

CONGRESSO EM SALVADOR: LULA COMPARA ATAQUES AO PT COM O DISCURSO FASCISTA

(Foto: Brasil 247)
"O partido precisa entender que criaram um processo de criminalização contra ele (PT). É importante que a gente saiba como funciona: É só assistir um filme. Como surgiu o nazismo ou o fascismo? A gente sabe como isso começa. E começa exatamente tentando desacreditar pessoas, tentando levantar coisas sobre as pessoas até que elas fiquem desacreditadas", discursou o ex-presidente, no segundo dia do 5º Congresso Nacional do PT; Lula também fez um apelo para que os militantes voltem a fazer doações mensais e assim o PT possa "respirar aliviado"; legenda lançou no congresso uma campanha nacional de arrecadação.

Do site Brasil 247, de 12/06/2015

Bahia 247 – O ex-presidente Lula comparou, nesta sexta-feira 12, os ataques disparados contra o PT com a construção de um discurso nazista e fascista. Ele reiterou o discurso que o presidente nacional da legenda, Rui Falcão, vem fazendo, de que "criaram um processo de criminalização" contra a sigla.

"O partido precisa entender que criaram um processo de criminalização contra ele. É importante que a gente saiba como funciona: É só assistir um filme. Como surgiu o nazismo ou o fascismo? A gente sabe como isso começa. E começa exatamente tentando desacreditar pessoas, tentando levantar coisas sobre as pessoas até que elas fiquem desacreditadas", disse o ex-presidente.

As declarações foram feitas em Salvador, na Bahia, durante o segundo dia de atividades no 5º Congresso Nacional do PT. Na noite de ontem, durante a abertura do evento, Lula ressaltou que "há dez anos anunciam a morte do PT, mas estamos vivos" (leia aqui). A presidente Dilma Rousseff também discursou na abertura do congresso.

O partido lançou nesta sexta, durante o congresso, uma campanha nacional de arrecadação. Lula incentivou que sejam feitas doações mensais por parte de militantes, a fim de que o partido possa "respirar aliviado". O ex-presidente se reuniu hoje com delegados do evento.


"É muito importante (para o PT) voltar a fazer o que ele já soube fazer muito bem. Na campanha de 82, cada comício que a gente fazia tinha que vender camiseta, a gente vendia estrelinha... Nada era dado de graça. Na campanha de 89, que a gente quase ganhou, a gente vendia adesivo no segundo turno. Obviamente que os tempos mudaram, mas acho que naquele tempo a gente fazia PT com mais intensidade do que a gente faz PT hoje", comparou Lula.

Um comentário:

antonio barbosa filho disse...

Informo aos amigos da Bahia que acabo de lançar o livro "O Brasil na 'era dos imbecis'- o discurso de ódio da Direita", que trata desses ataques fascistas ao governo democrático de Dilma Rousseff. O livro pode ser encontrado no Clube de Autores: https://www.clubedeautores.com.br/book/188020--O_Brasil_na_era_dos_imbecis#.VX2tEvmqpBc
Obrigado e um abraço!