quinta-feira, 3 de julho de 2014

“AMÉRICA LATINA: A PÁTRIA GRANDE” RETOMOU A COLEÇÃO BBB DE DARCY RIBEIRO



Darcy Ribeiro (Foto: Carta Maior)

O Brasil apresentado aos brasileiros: o projeto da Coleção Biblioteca Básica Brasileira, idealizado por Darcy Ribeiro, está lançando, este ano, 49 novos títulos em 100 mil volumes.

Por Léa Maria Aarão Reis, no portal Carta Maior, de 25/06/2014

Retomado com uma nova configuração, o projeto da Coleção Biblioteca Básica Brasileira - BBB, conjunto de livros de leitura fundamental idealizado pelo antropólogo, professor, escritor e político mineiro Darcy Ribeiro, em 1962, na época (primeiro) Reitor da Universidade de Brasília, está lançando, este ano, 49 novos títulos em 100 mil volumes distribuídos gratuitamente pelas bibliotecas públicas do país a partir de um seminário realizado em Belo Horizonte, este mês, no Museu Abílio Barreto.

Seu objetivo, como o antropólogo definia, é o de “apresentar o Brasil aos brasileiros”. Aprofundar o conhecimento da nossa cultura e da história desta nação mestiça que, segundo ele “é lavada com sangue índio, negro e tropical”, e cuja vocação é dirigida à alegria, tolerância e solidariedade: valores que, mais do que nunca, precisam ser cultivados hoje.

Ao longo de três anos serão distribuídos 900 mil livros às bibliotecas públicas cadastradas no Sistema Nacional de Bibliotecas  Públicas (SNBP). O projeto, redesenhado, é uma parceria entre a FBN, a Fundação Darcy Ribeiro e a Editora da Universidade de Brasília (UnB).

Agora, com patrocínio da Petrobrás e dos Correios, no âmbito da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, a Fundação Darcy Ribeiro prossegue na produção da Biblioteca Básica Brasileira - BBB, cujo primeiro volume, América Latina: a Pátria Grande – coletânea de ensaios sobre a identidade latino-americana e a urgência da integração dos países do continente, há meio século já preconizada com ênfase por Darcy - foi lançado dois anos atrás numa homenagem ao professor que, se fosse vivo, então completaria 90 anos.
 
Para ler mais na Carta Maior:

Nenhum comentário: