segunda-feira, 2 de junho de 2014

URUGUAI: OS CANDIDATOS A SUCEDER PEPE MUJICA




Tabaré Vázquez, primeiro presidente da coalizão de centro-esquerda Frente Ampla, votou no bairro de La Teja (Foto: AFP/Página/12)
Tabaré, Lacalle Pou e Bordaberry foram os vencedores das eleições internas de seus partidos no Uruguai: como antecipavam as sondagens, Tabaré se impôs na governante Frente Ampla e Bordaberry, no Partido Colorado. A surpresa foi a vitória de Lacalle Pou frente a Larrañaga nas primárias do Partido Nacional.

Matéria do jornal argentino Página/12, edição de hoje, dia 2

O ex-presidente Tabaré Vázquez (2005-2010), o deputado Luis Lacalle Pou e o senador Pedro Bordaberry foram eleitos ontem como candidatos únicos por seus partidos para as eleições presidenciais de outubro no Uruguai, segundo projeções dos institutos de pesquisa. Não foi necessário esperar os resultados oficiais para que os contendores reconhecessem suas vitórias e derrotas.

As pesquisadoras Cifra e Equipos Mori estimaram que participou da votação algo mais de um terço dos 2,6 milhões de cidadãos aptos a votar, a menor participação desde que, em 1999, se reformou o sistema eleitoral uruguaio, obrigando que os partidos realizem eleições internas. As projeções do escrutínio de parte das 7.000 mesas, efetuadas por ambas as empresas de pesquisa, confirmaram o favoritismo apontado nas sondagens de intenção de voto à postulação do socialista Tabaré Vázquez dentro da coalizão governista de centro-esquerda Frente Ampla (FA). Segundo Cifra, o ex-presidente obteve 83% dos votos e 80% conforme a Equipos, enquanto que a outra pré-candidata pela FA, a senadora Constanza Moreira, conseguiu cerca de 16%. Moreira reconheceu a vitória do seu adversário frente-amplista. “Não vamos nos perturbar com as internas porque ao final quem ganha é a FA. A partir de agora estarei para seguir trabalhando para a vitória de outubro”, disse a senadora.

Tabaré, médico de 74 anos e ex-presidente entre 2005 y 2010, votou pelas 8 horas da manhã no bairro de La Teja, enquanto que o atual presidente José “Pepe” Mujica sufragou por essa mesma hora no Cerro. “Se inicia o ciclo de renovação que marca a Constituição e me parece que é bom que a sociedade assuma”, expressou Mujica depois de votar. Antes do encerramento das mesas de votação, distintos dirigentes governistas, entre eles a primeira dama Lucía Topolansky e o senador Ernesto Agazzi, passaram pelo comando de campanha de Tabaré para saudar o ex-presidente. No Partido Colorado ganhou Pedro Bordaberry, filho do ditador Juan María Bordaberry (1973-1976), com 69%, de acordo com Equipos Mori, e 78% segundo Cifra. O deputado José Amorín Batlle obteve 28% e 22% dos votos em cada caso.

A interna do Partido Nacional (ou Branco) era previamente a mais disputada e as sondagens de intenção de voto esperavam um “empate técnico”. No entanto, Cifra e Equipos deram como vencedor Lacalle Pou com 57% e 55% das adesões, respectivamente. Lacalle Pou, advogado de 40 anos, é filho de Luis Alberto Lacalle, presidente entre 1990 e 1995. Sua campanha se apoiou no slogan “por la positiva” (pela positiva), lançando iniciativas e evitando confrontar com os demais aspirantes. À noite ele se congratulou por haver vencido numa contenda difícil. “Fomos atrevidos, fizemos uma campanha ‘por la positiva’. Não se podia ganhar e agora se pode, é o caminho que vamos seguir”.

O senador Jorge Larrañaga, derrotado surpreendemente – com cerca de 45% dos votos, segundo as pesquisas –, reconheceu o triunfo de Lacalle Pou. “Sou o responsável pela derrota e a assumo integralmente. Terminou para mim, mas a luta continua”, disse numa mensagem emotiva a seus seguidores.

As eleições internas marcam o começo do calendário eleitoral do país vizinho, que seguirá em 26 de outubro com o pleito para eleger o sucessor de Mujica e os 130 membros do Parlamento. De acordo com a última pesquisa do instituto Equipos antes destas internas, a Frente Ampla obteria 44% dos votos; o Partido Nacional, 26%; o Partido Colorado, 16%; o Partido Independente, 2%, e os indecisos somam 9%. Com este resultado, haveria segundo turno.

Tradução: Jadson Oliveira

Nenhum comentário: