quinta-feira, 19 de junho de 2014

MADURO: “JOE BIDEN NÃO ENTENDE QUE OS AMERICANOS DO SUL DECIDIMOS SER LIVRES” (vídeo)





O presidente Nicolás Maduro na edição número 12 do seu programa semanal Em contato com Maduro (Foto:Agência Venezuelana de Notícias-AVN)

"Que seria dos EUA se 64% do orçamento nacional fosse dedicado à educação, saúde, alimentação e moradia do povo como ocorre na Venezuela?, se o povo norte-americano exigisse verdadeira democracia econômica?".


Por AVN/VTV/Aporrea.org, de 18/06/2014


Caracas, 17 Junho, AVN - O presidente da República, Nicolás Maduro, rechaçou nesta terça-feira (dia 17) as recentes declarações ingerencistas que fez sobre a Venezuela o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que atacou o sistema democrático venezuelano.


"Joe Biden vem à região e comete o abuso de declarar, do Brasil, contra a Venezuela. É um abuso, porque ele não deve vir a um país vizinho, a um país irmão, vituperar a democracia venezuelana (...) Joe Biden não entende a região, não entende a Venezuela; jamais poderá entender que aqui, os americanos do sul decidimos ser livres", afirmou o chefe de Estado durante o programa radiofônico Em Contato Com Maduro, do Campo Rico, estado de Miranda.


O mandatário nacional expressou que na Venezuela se vive "a democracia mais plena que jamais viveu. O povo participando, decidindo, protagonizando. A democracia direta, a democracia comunal, a democracia econômica, que é a mais importante".


O presidente questionou o sistema representativo dos EUA ante o processo de democracia participativa e direta da Revolução Bolivariana.  "Que seria dos EUA se 64% do orçamento nacional fosse dedicado à educação, saúde, alimentação e moradia do povo como ocorre na Venezuela?, se o povo norte-americano exigisse verdadeira democracia econômica?".

Tradução: Jadson Oliveira

Nenhum comentário: