segunda-feira, 30 de junho de 2014

CHILE: POLÍTICOS HOMENAGEIAM ALLENDE E PROPÕEM UMA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE

Salvador Allende (Foto: Prensa Latina)
Santiago do Chile, 30 junho (Prensa Latina) - Personalidades da política no Chile defenderam uma Assembleia Constituinte como parte das homenagens a Salvador Allende, por ocasião do 106 aniversário de seu nascimento.

Em um ato realizado no mausoléu de Allende, no cemitério nacional, foi recordada a figura do presidente, derrocado no dia 11 de setembro de 1973 por um sangrento golpe de Estado comandado pelo general Augusto Pinochet.

Esteban Silva, presidente da recém criada Fundação Constituinte XXI, promoveu, antes, um seminário para aprofundar o tema, sob a ideia de um socialismo chileno do novo milênio, visando alterar a carta magna.

Silva falou sobre o Allendismo e o socialismo do século XXI no contexto de um movimento que surge para refundar o país.
 

No ato realizado no cemitério desta capital estiveram presentes Julio Louis, da Esquerda em Marcha, da Frente Ampla do Uruguai; e Rafael Araya, do Partido MILES da Argentina.

Além disso, estiveram presentes Patricio Guzmán, do Socialismo Revolucionário, e Rubén Yocelevzky, dirigente do Movimento do Socialismo Allendista e autor do livro "Salvador Allende na memória de seus irmãos de partido".

Uma das promessas de campanha da presidenta da República, Michelle Bachelet, foi a de reformar a Constituição pois a mesma foi desenhada pela Junta Militar de Pinochet.

Leonardo Soto, deputado socialista, disse hoje que o movimento pela criação de uma Assembleia Constituinte só cresce, e declarou que se trata de uma iniciativa que requer uma consulta popular.

Nenhum comentário: