terça-feira, 6 de maio de 2014

EMPRESARIADO E MÍDIA FAZEM OPÇÃO POR AÉCIO NEVES

aecio Empresariado e mídia fazem opção por Aécio Neves

Desafio dos apoiadores e do próprio candidato tucano: como inflar sua candidatura sem desidratar demais a de Eduardo Campos, que é fundamental para levar a eleição ao segundo turno.

Por Ricardo Kotscho, no seu blog Balaio do Kotscho, de 05/05/2014

Ainda outro dia, no Jornal da Record News, comentei com Heródoto Barbeiro que a mídia nativa mostrava-se indecisa entre qual candidato da oposição apoiar contra Dilma. Os fatos e o noticiário dos últimos dias não deixam mais dúvidas: a maioria dos principais veículos de comunicação do país, tanto quanto o alto empresariado, que não por acaso caminham sempre juntos, decidiu abertamente apoiar o candidato tucano Aécio Neves, deixando Eduardo Campos comendo poeira na estrada.

Faltando exatos cinco meses para o dia da eleição, o tempo político começa a correr mais depressa e as pesquisas passam a ter um papel decisivo nesta hora. Vários episódios da semana passada contribuíram para favorecer a definição a favor de Aécio e isto ficou claro no encontro dos maiores empresários do país em Comandatuba, na Bahia, em que o tucano foi aclamado pela plateia e o candidato do PSB passou em branco. A presença da candidata a vice Marina Silva a seu lado, que pode agregar votos de sonháticos e evangélicos, certamente não ajudou Eduardo neste ambiente.

A imprensa recorreu ao "palmômetro", como os programas de auditório, para destacar a vitória do senador e ex-governador mineiro na pajelança anti-Dilma dos possíveis financiadores de campanhas. Ao mesmo tempo, as últimas pesquisas divulgadas, mostrando a queda da presidente Dilma e o crescimento mais forte de Aécio fora das margens de erro, enquanto Eduardo subia pouco, para finalmente chegar aos dois dígitos, não deixaram dúvidas sobre qual candidato o establishment vai apoiar, ou melhor, já está apoiando, na quarta tentativa de não deixar o PT ficar com o governo central.

Afastado o fantasma do "volta Lula", que tanto atemorizava estes setores, e definido pelo PT que Dilma será candidata à reeleição até o fim, alguns veículos passaram a trabalhar ostensivamente em favor de Aécio no noticiário de todas as mídias, até dando sugestões para a sua campanha, como já fazem colunistas e blogueiros do Instituto Millenium. Da mesma forma, a imprensa estrangeira, tendo à frente o "Financial Times", faz campanha aberta para desconstruir a imagem do governo Dilma, mostrando claramente de que lado está o grande capital.

Para continuar lendo no Balaio do...

Nenhum comentário: