quinta-feira, 15 de maio de 2014

A BLOGOSFERA E A MÍDIA "CHAPA BRANCA": LULA NO ENCONTRO DOS BLOGUEIROS

Lula falará nesta sexta, às 11:30 horas, sobre o papel da mídia tradicional, as eleições de 2014 e a importância do ativismo digital
Muitos nomes de peso nos cenários nacional, regional e internacional entre os participantes do 4o. Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais (a exemplo de Ignacio Ramonet, fundador do jornal Le Monde Diplomatique), que começa nesta sexta, dia 16, em São Paulo.

Por Conceição Lemes, no blog Viomundo: (Reproduzido do Blog do Miro, de 15/05/2014)

Começa nesta sexta-feira, em São Paulo, o 4º Encontro Nacional de Blogueir@s e Ativistas Digitais, promovido pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé, Movimento dos Sem Mídia (MSM) e Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação (Altercom).

A abertura será às 9h, seguindo-se o debate Mídia, poder e contrapoder (abaixo, na íntegra, a programação, local, inscrições).

Às 11h30, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falará sobre o papel da mídia tradicional, as eleições de 2014 e a importância do ativismo digital.

Nós conversamos com o jornalista e blogueiro Altamiro Borges, presidente do Barão de Itararé, sobre o encontro.

É a segunda vez que o ex-presidente Lula participa de um Encontro Nacional de Blogueiros. A primeiro foi em junho de 2011 no II BlogProg, em Brasília. Ao nos prestigiar o que ele quer dizer? 

O Lula é vítima de um enorme preconceito das elites, um preconceito de classe. Para as elites, trabalhador é para trabalhar. Não é para pensar e, muito menos, para governar uma nação da importância do Brasil.

A mídia expressa essa visão preconceituosa de classe. Ela é, como já ensinou o intelectual revolucionário italiano Antonio Gramsci, o verdadeiro partido do capital. Ela atacou Lula, sem dó nem piedade, durante seus oito anos de governo. Continua perseguindo-o, de forma implacável.

Lula, o operário, é muito mais sagaz e inteligente do que o “Príncipe da Sorbonne”, do que o intelectual elitista FHC. Ele enxergou rapidamente a importância da internet e apostou na criação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Ele percebeu a importância do ativismo digital como contraponto ao pensamento único do partido da mídia.


Para ler mais no Blog do Miro, inclusive toda a programação e nomes de participantes:

Nenhum comentário: