segunda-feira, 28 de abril de 2014

VENEZUELA: JORNALISTA RESSALTA VONTADE DE DIÁLOGO ENTRE GOVERNO E OPOSIÇÃO



Caracas, 28 abril (Agência Prensa Latina) - A agenda política venezuelana atual mostra a vontade de diálogo existente, com o Governo e a oposição reunidos em um ambiente tranquilo, diferente ao que é imposto pelos violentos, afirma hoje o jornalista José Vicente Rangel (foto).
 
Em sua coluna El Espejo, publicada nesta segunda-feira no jornal Ultima Notícias (diário privado de maior circulação do país), o comunicador assegurou que o processo representa o triunfo da racionalidade sobre a irracionalidade, além de responder ao sentimento popular.

Rangel se refere às pesquisas mais recentes, nas quais a maioria dos venezuelanos se expressou a favor do diálogo.

Dessa forma, o passo dado pelo governo do presidente Nicolás Maduro e o setor democrático opositor está em sintonia com a tendência generalizada no país, acrescenta.

Junto a isso, assegura que surge um novo panorama onde a maioria democrática consegue o objetivo de transitar pelo caminho do respeito à Constituição.

Além disso, qualifica como inaceitável a existência de dirigentes e partidos políticos que mantêm uma atitude dupla, pois ao mesmo tempo em que participam das eleições, promovem a violência e elaboram planos destinados a desestabilizar o país.

Nesse sentido, Rangel menciona em especial a ex-deputada María Corina Machado (esteve recentemente no Brasil) e Leopoldo López (está preso à disposição da Justiça), este último coordenador nacional do partido de direita Vontade Popular.

Nenhum comentário: