terça-feira, 15 de abril de 2014

(MENSALÃO) ZÉ DE ABREU: "QUEM NÃO DEIXOU A CRISE CHEGAR NO LULA FOI O ZÉ DIRCEU"

José de Abreu, ao centro, com o também ator Paulo Betti e José Dirceu
“Como confiar num líder que abandona seu companheiro numa prisão INJUSTA? Lula e Dilma tem que se manifestar URGENTEMENTE!”

Por Blog do Rovai, de Renato Rovai, editor da revista Fórum, de 14/04/2014

O ator José de Abreu, como se costumava dizer na época em que ele era militante estudantil com Zé Dirceu, balançou a roseira do petismo com uma série de tweets publicados no sábado. Fez algo que até agora era considerado quase como uma heresia no partido. Foi para cima de Lula e Dilma cobrando solidariedade e ação na defesa do “companheiro” preso.

“Como confiar num líder que abandona seu companheiro numa prisão INJUSTA? Lula e Dilma tem que se manifestar URGENTEMENTE!”, escreveu. E foi mais longe “nao sou idiota nem inocente útil. Sem Dirceu nao haveria PT, nem Lula presidente, muito menos Dilma.”

Por telefone, Zé de Abreu, que estava em Budapeste aguardando o avião para voltar ao Brasil, disse ao blogue que retornando ao país pretende conversar com algumas pessoas para ver o que é possível fazer para ajudar o amigo.“Eu sou um artista e ajo com meus sentimentos. Não vou ficar fazendo cálculos eleitorais. Tô preocupado com o meu amigo de 60 anos e acho uma indignidade as lideranças do PT não fazerem nada. Tem que dar uma sacudida nisso”, disse.

Zé de Abreu disse que sua reação foi motivada por uma conversa que teve com a filha de Dirceu (Joana). “Agi impulsivamente em função do papo que tive com ela. Não posso ficar vendo meu amigo sofrendo de forma injusta sem dizer nada.”

Dirceu se mantém firme

O blogue conversou com mais duas pessoas que têm relação muito próxima a Dirceu. Ele de fato teria perdido 10 quilos desde que foi preso. “Mas isso não quer dizer que não esteja saudável. Na cadeia não tem doce, bebida, nada disso. E você acaba vivendo um regime forçado”, afirmou uma das fontes que prefere não ser identificada.

O ex-ministro não está deprimido, segundo essa mesma fonte. Ele continua atento ao cenário político, está preocupado com a reeleição de Dilma e discutindo todos os detalhes da sua defesa. Sente falta de uma solidariedade mais pública à sua causa por parte das principais lideranças do partido, mas estaria recebendo mensagens privadas de apoio.

Amanhã faz cinco meses que Dirceu está preso em regime fechado. A data pode ser utilizada para alguma ação dos advogados ou mesmo de Dirceu. Zé de Abreu acha que é o momento de Lula entrar em campo. “Quem não deixou a crise do mensalão chegar no Lula foi o Zé. Ele tem que defender o amigo, fazer algo. Não pode fazer de conta que não é com ele.”

Nenhum comentário: