segunda-feira, 17 de março de 2014

COM COMUNAS, VENEZUELANOS SE ORGANIZAM CONTRA A “GUERRA ECONÔMICA”



A brigada de construção de moradias e infraestrutura em ação, em um dos projetos da Comuna El Panal 2021, no bairro popular 23 de Janeiro, em Caracas (Foto: Luciana Taddeo/Opera Mundi)
Essência do processo revolucionário iniciado por Hugo Chávez, instâncias socialistas pretendem consolidar economia comunal

Por Luciana Taddeo, de Caracas, no portal Opera Mundi, de 14/03/2014

Entre as casas humildes do 23 de Janeiro, comunidade popular de Caracas, trabalhadores erguem durante a manhã moradias no terreno cedido pela dona de uma casa demolida. Em breve, ela e duas outras famílias irão receber residências em melhores condições.

A maioria desses operário largou o emprego anterior e todos trabalham na brigada de construção de moradias e infraestrutura, em um dos projetos da Comuna El Panal 2021, que já construiu mais de uma dezena de moradias, substituiu metros de tubulação de esgotos e atua na construção de áreas esportivas.

“Todo mundo aqui sabe que esse trabalho é para nós mesmos. Fazemos um percurso pelo bairro, vemos em que situação as moradias se encontram e encontramos a maneira de ajudar os que mais precisam. Apresentamos o projeto para instituições e eles nos dão recursos para que nós façamos todo o trabalho aqui”, explicou a Opera Mundi Antonio Zambrano, um dos porta-vozes da comuna, referência no país.

Para os jovens que atuam na brigada, com cerca de 30 integrantes, a iniciativa é uma oportunidade de trabalho. “Chegamos sem experiência e logo poderemos fazer nossas próprias casas sozinhos”, contou Orlando José Sanjuan, que terminou a formação escolar e quer estudar contabilidade. “Pouco a pouco, vamos aprendendo”, complementa seu colega Joscar Subero Isaac Villarruel, também de 20 anos, que termina os estudos e tentará atuar no setor petroquímico.


Segundo Judith Guerra, outra das porta-vozes do projeto, muitos trabalhadores aprenderam o ofício no processo. Alguns haviam abandonado os estudos e começaram a atuar na comunidade. “As pessoas já conhecem o lugar, sabem por onde vai o tubo e não temos que arrebentar tudo para ver por onde passa. E assim se gera fonte de trabalho”, esclareceu. De acordo com ela, esse projeto conta com assessoria de arquitetos e engenheiros de instituições governamentais.

Paralelamente às construções, a Comuna El Panal 2021, constituída por cinco conselhos comunais, tem uma empresa empacotadora de açúcar, uma rádio e promete lançar um sinal na TV a cabo para a comunidade. “Margarita, quem é o dono desta empresa?”, questionou José Lugo, porta-voz da unidade de formação da empresa têxtil da Comuna, que produz milhares de artigos semanais, entre mochilas, moletons e camisetas. “Somos nós, os produtores e a comunidade”, respondeu a costureira.


Para continuar lendo no Opera Mundi e ver vídeo onde Chávez faz um apelo dramático aos seus ministros, logo após ser eleito em 7/outubro/2012, no sentido de priorizar as comunas:

Nenhum comentário: