sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

VENEZUELA: EMITIDA ORDEM DE PRISÃO CONTRA LÍDER OPOSICIONISTA

(Foto: Aporrea)




Leopoldo López (Foto: Internet)
Conforme matéria divulgada nesta quinta-feira, dia 13, pelo portal venezuelano Aporrea.org, a juíza Ralenys Tovar Guillén (la jueza 16 de Control de Caracas) emitiu ordem de prisão contra Leopoldo López, fundador do partido de oposição Vontade Popular (VP), por sua suposta responsabilidade nos incidentes violentos ocorridos em protestos da oposição na terça-feira, dia 11, quando pelo menos três pessoas foram assassinadas (ver matéria postada logo abaixo).

A ordem de prisão foi emitida pela juíza na noite de quarta-feira, dia 12, atendendo pedido do Ministério Público. Foi dirigida ao Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), incluindo autorização para revistar sua residência.

Na ordem número 007-14 a magistrada manda capturar López para ser processado por vários delitos, como associação para delinquir, instigação à delinquência, intimidação pública, incêndio a edifício público, danos à propriedade pública, lesões graves, homicídio e terrorismo.
 

O portal esclarece que a informação não foi confirmada pelas autoridades. Dá o site do jornal El Universal (privado e radicalmente antichavista) onde a notícia foi divulgada:
http://www.eluniversal.com/nacional-y-politica/140213/ordenan-al-sebin-capturar-a-leopoldo-lopez
 
Aporrea informa ainda que existe ordem de prisão também contra Fernando Gerbasi, que foi embaixador na Colômbia, e contra Iván Carratú Molina, por um áudio em que ele fala de supostos planos de desestabilização do governo.

Observação do Evidentemente: Leopoldo López já foi prefeito de Chacao, um dos cinco municípios que compõem Caracas. É considerado uma espécie de segundo líder da oposição venezuelana, vindo logo depois de Henrique Capriles, que disputou e perdeu as duas últimas eleições presidenciais, contra Hugo Chávez e depois contra Nicolás Maduro (contra Maduro perdeu por estreita margem). Ultimamente os dois estão em divergência, pois Capriles vem buscando se apartar da oposição violenta, com a qual López se mostra bastante afinado.


Nenhum comentário: