quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

MST MARCHA E É REPRIMIDO EM BRASÍLIA: DILMA, CADÊ A REFORMA AGRÁRIA? (vídeo)



Por Alan Tygel e Márcio Zonta 
Da Página do MST, de 12/02/2014

Fotos: Oliver Kornblihtt e Leonardo Melgarejo

A esplanada dos ministérios foi tomada de vermelho na tarde de hoje. Os cerca de 16 mil camponeses que participam do VI Congresso do MST marcharam os 9 km de ida e volta que separam o ginásio Nílson Nelson e a praça dos três poderes. 

A manifestação pacífica teve como objetivo principal denunciar a paralisia da Reforma Agrária. “A Reforma Agrária no Brasil é uma vergonha. No último ano, foram assentadas sete mil famílias, sendo que só o MST possui 90 mil famílias debaixo da lona preta. No total, são 150 mil famílias acampadas no Brasil, muitas delas há mais de 10 anos.

Estamos aqui para denunciar que não estamos satisfeitos, e pedimos Reforma Agrária Popular já. Enquanto Dilma não atende os Sem Terra, dá dinheiro de mão beijada para o agronegócio e a Fifa. ”, afirmou Kelli Marfort, do setor de Gênero do MST. 

O primeiro alvo da passeata foi a embaixada norte-americana. Integrantes do MST colaram cartazes nos muros da embaixada pedindo liberdade aos cubanos presos nos EUA e dando apoio a todos os que lutam contra o império.

Para ler mais na Página do MST:

Nenhum comentário: