terça-feira, 3 de dezembro de 2013

MEXICANOS NAS RUAS EM DEFESA DO PETRÓLEO


Dirigentes do PRD encabeçam a marcha rumo ao Senado (Foto: Francisco Olvera/La Jornada)

De Salvador (Bahia) - Oposicionistas mexicanos incrementam a luta em defesa da soberania nacional e contra a política considerada entreguista do presidente Peña Nieto, do direitista PRI (Partido Revolucionário Institucional, que voltou ao poder na última eleição depois de ter estado na presidência durante 70 anos).

A luta atual é contra a reforma energética proposta pelo governo. “A privatização da indústria energética não passará, vamos derrotá-la, temos que defender o petróleo”, dizem representantes da oposição, conforme matéria divulgada nesta terça, dia 3, no sítio web do jornal mexicano La Jornada.
A direção nacional do PRD com os pacotes do abaixo-assinado contra a reforma energética (Foto: Maria Meléndrez/La Jornada)

Nesta terça, segundo a mesma matéria, dirigentes e apoiadores do PRD (Partido da Revolução Democrática, considerado de centro-esquerda) marcharam pelas ruas da capital mexicana rumo ao Senado. O objetivo era entregar um abaixo-assinado contendo 1.672.045 assinaturas, pedindo uma consulta popular sobre a reforma energética.

Os partidários do PRD expressaram seu rechaço à  reforma de Peña Nieto, que inclui modificações nos artigos 27 e 28 da Constituição para possibilitar contratos de utilidade compartilhada com empresas privadas nacionais e estrangeiras.

Nenhum comentário: