quarta-feira, 6 de novembro de 2013

HENRIQUE ANTOUN REBATE EDUARDO CUNHA: "QUEREM CONTROLAR AS RUAS"

Quem pode comprar um? Vai andar rápido na rede... (Foto: Viomundo)

Por Luiz Carlos Azenha, no blog Viomundo, de 05/11/2013


O blogueiro Renato Rovai escreveu um post denunciando que o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) trabalha nos bastidores por um acordo entre os produtores de conteúdo — leia-se Globo — e as empresas de telefonia.

O acordo resultaria na aprovação, pelo Congresso, de um Marco Civil da Internet que contemplaria acima de tudo o interesse dos poderosos.

A Globo teria o que quer, ou seja, o direito de remover conteúdo da rede com uma simples notificação ao provedor, alegadamente para defender direitos autorais.

As teles feririam de morte a chamada “neutralidade na rede”. É o princípio segundo o qual os pacotes de informação trafegam na rede sem discriminação, ou seja, as teles — que controlam a infraestrutura — não podem vender privilégios, nem pedagiar o conteúdo que não lhes renda lucro.

(...)


Antoun diz que Eduardo Cunha simplesmente compara maçã com banana. Que hoje já existe discriminação na velocidade de conexão dos internautas, dependendo do pacote de acesso.

“Não estamos discutindo quanto de internet se usa, mas o fato de que as teles querem criar vias seletivas para pacotes [de informação]. Algumas vias serão para os Porsche, outras para os carros de passeio normais. Pretendem selecionar a via por onde os pacotes vão trafegar. Os carros populares vão andar por ruas apertadas, engarrafadas. Os Porsche em ruas amplas, só para eles. É uma injustiça! Os Gol, os Fusca e os Fiat vão enfrentar ruas esburacadas, sem dar vazão ao tráfego”, afirma.

Para ler toda a matéria:

Nenhum comentário: