domingo, 3 de novembro de 2013

BERTHOLD BRECHT: “HÁ AQUELES QUE LUTAM TODA A VIDA...”



Brecht foi dramaturgo e poeta alemão, nasceu em 10/02/1898 e morreu em 14/08/1956 (Foto: Internet)
Poemas de Brecht (do Blog do IZB – Instituto Zequinha Barreto)

Os que lutam

“Há aqueles que lutam um dia; e por isso são bons;
Há aqueles que lutam muitos dias; e por isso são muito bons;
Há aqueles que lutam anos; e são melhores ainda;
Porém há aqueles que lutam toda a vida; esses são os imprescindíveis.”

Nada é impossível de Mudar

“Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de
hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem
sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente,
de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural,
nada deve parecer impossível de mudar.”

Privatizado

“Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar.
É da empresa privada o seu passo em frente,
seu pão e seu salário. E agora não contentes querem
privatizar o conhecimento, a sabedoria,
o pensamento, que só à humanidade pertence.”

Frases de Brecht (de PENSADOR.INFO – UOL):

Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem.

Temam menos a morte e mais a vida insuficiente.

De todas as coisas seguras, / a mais segura é a dúvida.

Nenhum comentário: