segunda-feira, 21 de outubro de 2013

PRESIDENTE DO PARAGUAI: NADA CONTRA STROESSNER



Notinha da capa do jornal argentino Página/12, edição de 17/10/2013

A ditadura de Alfredo Stroessner no Paraguai foi a mais longa da América Latina e, segundo o informe da Comissão da Verdade e Justiça, deixou um saldo de 20 mil vítimas de detenções, torturas, execuções extrajudiciais e desaparecidos. Por isso chamou a atenção a reação do presidente Horacio Cartes (foto) quando um jornalista insistiu sobre a frustrada designação dum neto do ditador como embaixador na ONU. “O que você tem contra Stroessner? – se zangou o presidente – Ele te tomou a namorada ou o quê?”

Nenhum comentário: