sábado, 12 de outubro de 2013

DOMINICANOS LEMBRAM JUAN BOSCH NOS 50 ANOS DO GOLPE QUE O DERRUBOU



Bosch introduziu na Constituição a livre organização sindical, o respeito ao direito ao trabalho e a participação dos trabalhadores nos lucros das empresas
Por Agência Prensa Latina – traduzido do portal venezuelano Aporrea.org, de 25/09/2013

De Santo Domingo - Juan Bosch, o primeiro presidente eleito de maneira democrática na República Dominicana após o justiçamento do ditador Rafael Leónidas Trujillo em 30 de maio de 1961, sofreu um golpe de Estado que fez 50 anos no último 25/setembro.

Essa ação pôs fim ao governo de apenas sete meses de um dos fundadores do Partido Revolucionário Dominicano em 1939 e que dirigiu seus esforços no sentido de beneficiar os setores mais carentes do povo.

Também colocou em prática a Constituição de 1963, um documento considerado insuperável pelos estudiosos antes e depois do seu surgimento.

A nova Carta Magna estabelecia a livre organização sindical, o respeito ao direito ao trabalho e, sobretudo, a participação dos operários nos lucros das empresas onde trabalhavam.

Ao mesmo tempo, Bosch rechaçou as pressões exercidas pelos Estados Unidos e pelos ultradireitistas dominicanos para que limitasse o livre exercício do pensamento e declarasse o comunismo como doutrina nociva e ilegal.

Seu estilo de governar - considerou o recentemente falecido historiador Franklin Franco -, chocou-se com poderosos grupos econômicos, eclesiásticos, estrangeiros e militares remanescentes do trujillismo.

O golpe de Estado, que não surpreendeu o posteriormente fundador do governista Partido da Libertação Dominicana (PLD) em 1973, foi encabeçado pelo coronel Elías Wessin y Wessin.

Segundo Bosch, o sucesso do golpe foi devido à corrupção entre os militares e por sua negativa de comprar aviões britânicos a um preço de cinco milhões de dólares, em cujo negócio o general Miguel Atila Luna, chefe da Aviação Militar, ganharia 1,2 milhão de dólares.

Tal levante militar representa uma mancha e uma vergonha na história dominicana, conforme manifestou o ex-presidente do país e líder do PLD, Leonel Fernández.

Os ressentimentos de grupos do poder econômico e social conduziram à intolerância e à intransigência contra o governo de Bosch, analisou.

Como consequência imediata do golpe - relatam historiadores -, emergiu uma grande instabilidade política, que desembocou na Revolução de Abril de 1965, esmagada pela invasão de 42 mil marines dos Estados Unidos.

Um comentário:

Anônimo disse...

One of the oyher do it yourself removazl system is tying.
Perrforming biopsy tests is often done using ligation and application of
liquid does revitol skin tag removal work nitrogen. In order to minimize
the possibility of any adverse infection, all cutting items
must be thoroughly sterilized. It eliminates skin tags and other more serious diseases,
such as ann antiseptic cream or ointment.

Also visit my web site skin tag removal Cream