domingo, 27 de outubro de 2013

ARGENTINA: ATENTADOS, ACIDENTE DE TREM E CIRURGIA DA PRESIDENTE MARCAM CAMPANHA ELEITORAL

(Ilustração: jornal Página/12)
Sem poder participar da reta final da campanha, Cristina Kirchner foi lembrada em bandeiras e camisetas (Foto: Opera Mundi)
Eleitores vão às urnas neste domingo para renovar metade da Câmara de Deputados e um terço do Senado

Por Aline Gatto Boueri, de Buenos Aires, no Opera Mundi, de 27/10/2013

Os argentinos vão às urnas neste domingo (27/10) para renovar metade da Câmara de Deputados para o período 2013-2017 e um terço do Senado para 2013-2019. No total, serão escolhidos 127 deputados federais pelos 24 distritos eleitorais do país e 24 senadores distribuídos igualmente entre Capital Federal, Chaco, Entre Ríos, Neuquén, Rio Negro, Salta, Santiago del Estero e Tierra del Fuego. Algumas províncias (estados) também renovam parte de seu legislativo local, como é o caso de Buenos Aires e da Capital Federal.
 
Oficialmente, a campanha eleitoral para os cargos nacionais começou em meios de comunicação audiovisual no dia 2 de outubro, mas há quatro meses as legislativas de 2013 são comentadas em programas televisivos, jornais, rádios e mesas de bar. Em razão das primárias de 11 de agosto, desde princípios de junho, quando encerraram os prazos para apresentação das alianças e das listas de candidatos, o país está envolvido no clima eleitoral, marcado no último mês por acontecimentos que movimentaram o cenário político argentino.

Nenhum comentário: