segunda-feira, 16 de setembro de 2013

RAFAEL CORREA FAZ DURAS CRÍTICAS AOS EUA POR AMPLIAR EMBARGO A CUBA

Correa: "Os meios de comunicação da direita são fábricas de mentira" (Foto: Internet)
Por Correio do Brasil, com Agência Prensa Latina, de Quito, postagem de 15/09/2013

O presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou neste domingo (dia 5) que considera “os duros embargos dos Estados Unidos contra Cuba o maior atentado aos direitos humanos” dos tempos modernos. Segundo Correa, seu país não dará “nem um passo atrás” em seu apoio à nação cubana na sua luta contra o bloqueio. Na véspera, o presidente dos EUA, Barack Obama, prorrogou por mais um ano as sanções econômicas contra Cuba, iniciadas em 1961, sob a alegação que responde aos interesses nacionais de seu país.

– Digam o que digam as máquinas de mentira que são os meios de comunicação da direita, aos países hegemônicos, não há maior atentado aos direitos humanos, maior agressão ao direito internacional, do que o bloqueio criminoso a Cuba, que já dura meio século – afirmou Correa.

Correa também anunciou um giro por Cuba, “exemplo de dignidade” e Nicarágua, “ilha de paz em meio a tanto caos regional”. Na visita a Cuba, o mandatário equatoriano conhecerá os avanços do país no setor da saúde, principalmente em relação “ao tratamento das deficiências físicas em toda sua integridade”. Na Nicarágua, segundo o gabinete presidencial, o presidente estudará as experiências nicaraguenses no âmbito da segurança pública, “já que em meio a tanta insegurança, o país detém os melhores índices de segurança”, pontuou.

Nenhum comentário: