domingo, 22 de setembro de 2013

GOVERNO VENEZUELANO CONSTRÓI MAIS DE 800 ESCOLAS EM DOIS ANOS


Estudantes venezuelanos em atividades recreativas na Praça Bolívar, centro de Caracas (Foto: Jadson Oliveira - agosto/2012)
Por Correio do Brasil, com Agência Prensa Latina - de Caracas, de 21/09/2013

Desde 2011, o governo venezuelano construiu 802 escolas com o objetivo de fortalecer o sistema educativo do país, informou a ministra da Educação, Maryann Hanson, em um programa na rede Venezolana de Televisión.  
A ministra precisou que a matrícula estudantil teve um aumento de 98% desde 2008, ou seja, mais de 7 milhões de estudantes foram incorporados ao sistema educacional na Venezuela. Segundo ela, o ministério da Educação, através do programa “Uma Gota de Amor para Minha Escola”, vem promovendo a consciência da infraestrutura escolar nas crianças, docentes e corpo diretivo das escolas públicas do país. O programa já investiu 32 milhões de dólares em educação.

“O programa foi feito com o povo, pelo Poder Popular. É assim que as comunidades se aproximam e participam da reparação e limpeza das instalações educativas”, contou Maryann, que destacou ainda que as reformas mais profundas são desenvolvidas pelo governo “porque o que está em jogo é a segurança das crianças”.

A ministra denunciou ainda que no estado de Miranda, onde governa o opositor e ex-candidato presidencial, Henrique Capriles, 70% das escolas permanecem fechadas. Ela disse que vê com desconfiança “que escolas do ensino privado atualmente só realizam atividades administrativas” e afirmou que o ministério está tomando providências.

Nenhum comentário: